Carregando

Negócio de Impacto

tucum

promove o encontro das pessoas dos centros urbanos com os povos da floresta

A Tucum é um negócio de impacto criado em 2012 que promove o encontro das pessoas dos centros urbanos com os povos da floresta por meio de sua arte e manifestações estéticas. Comercializando itens para o corpo, casa, além de arte e artefatos, difunde os saberes ancestrais de dezenas de povos indígenas brasileiros. O trabalho possui o selo Origens Brasil.

A empresa lançou um marketplace que vai reunir lojas dos grupos indígenas que produzem artesanato e com os quais vem trabalhando em sua atuação. Para isso, deu início a uma experiência de ensino à distância junto a lideranças indígenas sobre vendas online em artesanato. Representante do Brasil na etapa final da segunda edição do Prêmio Empreender com Impacto Latam em 2020, a Tucum ficou em segundo lugar dentre seis semifinalistas e recebeu um prêmio de 10 mil dólares para impulsionar o negócio.

“Criar a Tucum tem muito a ver com a minha experiência pessoal com a Amazônia. Em como eu fui impactada pela minha ignorância. Porque eu não tinha a dimensão da diversidade desses povos. Tudo o que eu fiz até hoje foi muito movido pela beleza das coisas, pela arte. E quando eu tive contato com o artesanato que essas comunidades produziam, realmente fiquei muito impactada. ”Amanda Santana, sócia-fundadora e diretora criativa da Tucum

raio-x

Cidade/estado

Teresópolis - RJ

Fundação

2013

Natureza do negócio

microempresa

Modelo

B2C

Fundadores:

Amanda Santana e Fernando Niemeyer

Tamanho da equipe:

4 colaboradores

Patente

Não

Fase do negócio

organização do negócio

Ano de entrada no programa:

2020

Valor total captado

R$ 371.472,00

O que resolve

Promove o acesso de artesãs, artesãos e artistas indígenas ao mercado consumidor por meio de uma plataforma de marketplace.

impacto

A rede de fornecedores da Tucum envolve 2.500 artesãs e artesãos em 31 terras indígenas/ áreas protegidas, representando 54 etnias/povos tradicionais. Gera renda de forma sustentável, promove valorização da cultura, empoderamento das mulheres e circulação pelo território, sendo um contraponto ao envolvimento com atividades ilícitas, como garimpo e madeira.

Produto/mercado

Itens de artesanato indígena para corpo, casa, arte e outros artefatos.

Cesta de compras

Amaz divulga negócios selecionados para pré-aceleração no mês de novembro