Loading

Negócio de Impacto

ACADEMIA AMAZÔNIA ENSINA

formações imersivas desenvolvidas para difundir e debater temas relacionados à sustentabilidade

Preparar pessoas para os desafios econômicos, sociais e ecológicos no século 21, tendo a Amazônia como espaço de pesquisa, vivência e aprendizado. Essa é a proposta da Academia Amazônia Ensina (AAE), iniciativa da Original Trade, empresa incubada no INPA voltada ao desenvolvimento de inovação para a sustentabilidade. 

Criada em setembro de 2018 a partir da ideia de preparar estudantes e profissionais para as novas habilidades do futuro, a AAE oferece as Expedições Amazônia 21, formações imersivas desenvolvidas para difundir e debater temas relacionados à sustentabilidade. 

“Entendo que a educação está impactada pela nova realidade de estudantes que o mundo digital forjou. Tem muita inovação e ajustes no contexto educacional e quero crer que a experimentação e vivência combinadas com os recursos de virtualização são o caminho a ser explorado”, explica o diretor da AAE, João Tezza, diretor da AAE.

“A Amazônia oferece uma experiência sensorial incrível, associada a uma profusão de experiências científicas relacionadas a sustentabilidade, conservação de biodiversidade e serviços ecossistêmicos”, complementa.

raio-x

Cidade/estado

Manaus - AM

Fundação

2018

Natureza do negócio

Sociedade limitada

Modelo

B2C

Fundadores:

João Tezza Neto e Maria Eugênia Tezza

Tamanho da equipe:

4 pessoas

Patente

Não

Fase do negócio

Tração

Ano de entrada no programa:

2020

Valor total captado

R$ 149.763,80

O que resolve

As expedições são de formação, complemento e imersão para auxiliar estudantes em suas jornadas acadêmicas, mas também aproximar essas pessoas da Amazônia, incluindo meio ambiente, cultura, economia e oportunidades voltadas à promoção da sustentabilidade.

impacto

Trinta expedicionários e 200 espectadores em dois eventos Amazônia 21 impactados positivamente pelas intervenções no primeiro ano de operações.

produto/mercado

Expedições para jovens e adultos na Amazônia – startups, estudantes e outros públicos.

Shopping Basket