7

Vivalá participa do Programa de Aceleração do EmbraturLAB 

Foto: Divulgação Vivalá

A Vivalá, negócio que integra o portfólio da AMAZ, é uma das startups participantes do Programa de Aceleração do EmbraturLAB, que promove a competitividade do setor de turismo a fim de melhorar a experiência dos estrangeiros que visitam o Brasil.

O programa é uma parceria entre o EmbraturLAB e o Turistech Hub Brasil, um dos principais hubs de inovação da América Latina. O Hub foi criado para liderar a agenda de inovação no turismo e fomentar a competitividade e sustentabilidade ambiental do setor. Já o EmbraturLAB conta com parceria entre Embratur, universidades, pesquisadores e empreendedores que estão promovendo ações de inovação no turismo.

Na última fase do processo, prevista para se encerrar em abril, três startups (iFriend, Vivalá e Destinos Inteligentes) realizam testes práticos a partir das soluções turísticas desenvolvidas. A Vivalá realizou a tradução do site e de seus principais materiais para o inglês e o espanhol, aumentando a quantidade de pessoas que podem ser acionadas pelos roteiros sustentáveis, e está desenvolvendo soluções tecnológicas para atrair o público estrangeiro para viver experiências de turismo sustentável no Brasil.

Para a prova de conceito do EmbraturLAB, a Vivalá desenvolveu um roteiro com vivência de aventura de um dia, todo voltado para a sustentabilidade no Rio de Janeiro, com foco na biodiversidade, disponibilizado para o calendário 2024. 

“Destinamos esforços, recursos e tempo no desenvolvimento de um amplo material promocional em português, inglês e espanhol, além do desenvolvimento de uma plataforma de afiliados para que possamos ter tecnologia suficiente para vender o Brasil com parceiros ao redor de todo o mundo em tempo real. Isso será um salto importante na expansão comercial do ecoturismo, aventura e turismo de base comunitária com estrangeiros”, destaca o cofundador e diretor-executivo da Vivalá, Daniel Cabrera.

E os primeiros resultados da prova de conceito estão começando a surgir da Amazônia de forma mais acelerada: “A Amazônia é o bioma que mais recebeu estrangeiros em nosso portfólio. Hoje temos experiências de ecoturismo, turismo de base comunitária e aventura, com comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas, nos estados do Acre, Amazonas, Pará e Tocantins. E, em breve, chegaremos ao quinto estado, Roraima, com experiências em uma das maiores montanhas do Brasil: o Monte Roraima”, completa Cabrera.

Tags: Sem tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *